O protótipo do A321neo de longo alcance da Airbus (A321LR) voou 4.109 milhas náuticas de Seychelles para Toulouse nessa sexta-feira 30 de março, seu voo de maior distância no programa de certificação.

Após do voo direto de Nova York para Toulouse realizado em 16 de fevereiro de 2018, o mais novo membro da Airbus alcançou nesta manhã de sexta-feira um novo recorde com um voo direto entre as ilhas de Seychelles e Toulouse-Blagnac.



A distância de 7610 quilômetros foi um recorde para um Airbus da família A320! O A321LR decolou de Seychelles na noite de quinta-feira às 19 horas, horário de Toulouse, para pousar em Blagnac nesta manhã de sexta-feira às 6 da manhã.

O voo de onze horas foi possível graças à três tanques adicionais de combustível, aumentando a autonomia da aeronave. O A321LR transportava 162 manequins simulando a presença de passageiros, bem como 5 pilotos e engenheiros de teste de voo da Airbus e 11 técnicos.

A aeronave poderia até ter ido mais longe se não tivesse encontrado um vento contrário ao longo do percurso. Em vez de 7610 quilômetros, o A321 LR poderia ter alcançado 8800 quilômetros de autonomia.

Essa autonomia sem precedentes para uma aeronave do tamanho de um Airbus A321 abre novos horizontes para as companhias aéreas, que poderão operar destinos antes não lucrativos, porque exigiam o uso de uma aeronave de longo curso, como o Airbus A330. muito mais caro para operar.

Este voo Seychelles-Toulouse faz parte do programa de testes de voo para obter a certificação das autoridades aéreas europeias (EASA) e americanas (FAA) esperadas para o segundo semestre de 2018.

A entrega da primeira aeronave está prevista para o último trimestre do ano para uma empresa cujo nome ainda não foi revelado. No total, 100 exemplares do A321LR já foram vendidos.

O próximo passo para esta aeronave será um vôo para a Suécia, onde os pilotos testarão o peso máximo de decolagem de 97 toneladas.