Foto - Emirates/Divulgação

Um voo da Emirates que seguia de Dubai para Nova York, realizado com uma aeronave Airbus A380, está sendo investigado pela FAA (Agência reguladora de aviação nos Estados Unidos) por conta de um incidente durante a aproximação para o aeroporto John F. Kennedy (JFK).

De acordo com dados do controle de tráfego, o avião de matrícula A6-EEU, cumprindo o voo EK207, estava se aproximando para pousar na pista 13L do aeroporto JFK e descumpriu o limite mínimo de altura. 



Quando o avião estava à 4 km da pista, aproximadamente, a altitude registrada pela aeronave foi abaixo da solicitada pela carta de aproximação. Os pilotos estavam seguindo o procedimento de aproximação ‘Parkway Visual Runway 13L/R’, também conhecido como “abordagem Canarsie”.

Este procedimento de aproximação exige que a altitude na Rockaway Point seja igual ou superior a 1500 pés e continue estabilizada a leste da Shore Parkway, atravessando a estação da Air Coast Air Guard  ainda acima de 1500 pés. Para a pista 13L, as aeronaves devem seguir a direção 041° e só podem continuar a descida depois de passar os Twin Stacks (um grupo de edifícios de 218 pés de altura).

Mesmo tendo que permanecer pelo menos a 1500 pés após atravessar a Air Coast Air Guard até o conjunto de edifícios, o A380 continuou descendo, a altitude registrada à 4 km da pista foi de somente 492 pés por serviços de ADS-B (com altitude em relação ao solo já corrigida), enquanto o controle de tráfego recebeu a informação que a altitude no mesmo ponto era de 338 pés (~103 metros). 

Por conta disso a torre de controle alertou os pilotos sobre a baixa altitude e solicitou por segurança que os pilotos seguissem para uma aproximação na 22L, o pouso ocorreu normalmente através dessa cabeceira.

O incidente aconteceu no dia 4 de dezembro, perto das 20h30, o pouso ocorreu às 20h37 na cabeceira 22L, como citado acima. Uma investigação será aberta para apurar o que ocorreu durante esse voo.

 

Semelhança com incidente em Moscou

Em setembro deste ano outro A380 da Emirates esteve envolvido em um incidente semelhante durante a aproximação no aeroporto de Moscou-Domodedovo. A aeronave estava a apenas 400 pés quando estava a 12 km da pista de pouso, uma altitude muito baixa e fora do padrão de aproximação.

 

Via – The Aviation Herald/Aviation Safety Network