Esta terça-feira é marcada pelo repasse da administração do Aeroporto Internacional de Porto Alegre, conhecido também como Aeroporto Internacional Salgado Filho, a empresa responsável agora pela administração é a Fraport, que arrematou o aeroporto por R$ 382 milhões.

Agora a Fraport estará à frente do Aeroporto de Porto Alegre por pelo menos 25 anos, tempo mínimo estipulado em contrato. O aeroporto ainda terá participação da administração da Infraero até o fim do primeiro semestre de 2018, esse período é necessário para a adaptação da empresa e o repasse das demandas do local.



O leilão ocorreu em março de 2017, com a assinatura do contrato sendo realizada em julho do mesmo ano. Desde então a Fraport estava realizando estudos para a ampliação do local, de acordo com o estipulado em contrato.

 

Obras

As principais obras no Aeroporto de Porto Alegre serão executadas entre 2018 a 2021, para suprir o déficit estrutural do aeroporto. Serão cerca de R$ 600 milhões investidos pela concessionária no local nessa primeira fase.

A concessionária precisará ampliar o terminal de passageiros, o pátio de aeronaves, o estacionamento (mais 1,7 mil vagas) e até mesmo a pista. Além disso a concessionária terá que fazer adequações de segurança no aeroporto.

Projeção de como ficará o Terminal de Passageiros depois das obras de ampliação.

A obra mais difícil será a expansão da pista 11/29, dos atuais 2280 metros para 3200 metros. Essa alteração é necessária para o aeroporto ser capaz de receber aeronaves de maior porte, e cargueiros como o 747F.

A concessionária disse que precisará de 52 meses para entregar essa obra na pista, a partir do momento que ela for iniciada. A expansão necessitará da remoção de moradores da Vila Nazaré.

Atualmente o Aeroporto de Porto Alegre tem capacidade para receber 17 milhões de passageiros ao ano. O terminal liga a capital gaúcha a quatro destinos internacionais e a mais de 30 destinos nacionais.

O terminal fica a menos de 10 quilômetros do centro de Porto Alegre e opera mais de 200 voos diários, atuando com as companhias aéreas Aerolíneas Argentinas; Azul; Copa; Gol; Avianca; Latam; Tap; Taca Peru e Total.