O tradicional batismo na chegada da aeronave. Foto - Aeromexico/Divulgação

Pousou ontem (16/01) no Aeroporto Internacional de Guarulhos o Boeing 787-9 da Aeromexico, cumprindo pela primeira vez um voo regular como aeronave fixa na rota.

As operações com o 787-9 abrangem as duas frequências diárias da companhia (AM14/AM16 e AM15/AM17), sendo que um pousa em Guarulhos às 23h35 (AM16) e o outro pousa às 06h45 (AM17).

A partida para a Cidade do México ocorre todos os dias às 01h40 como AM17, e como AM15 às 10h45.

Anteriormente a Aeromexico usava o Boeing 777-200 para operar essas frequências em Guarulhos, o 787-9 da companhia além de fornecer maior economia de combustível também transporta 274 passageiros em três classes, sendo 36 na First Class, 27 na Business e 211 na Economy, quase a mesma capacidade do 777-200ER da companhia.

Frequências na baixa temporada serão realizadas com o 787-8, que tem capacidade para 243 passageiros.

O 787-9 da Aeromexico oferece um conforto maior para os passageiros. Em comparação com o 777, o Dreamliner tem menor altitude de pressurização, disponibilizando mais oxigênio para os passageiros e diminuindo os efeitos da pressurização.

Além disso os novos 787 contam com um interior totalmente novo, a iluminação é totalmente diferente e já temos a presença dos assentos Premier Class com reclinação de 180º.

Atualmente pelo menos 11 companhias aéreas também utilizam ou pretendem utilizar o Boeing 787 para realizar voos para o Brasil, são elas: KLM, Air France (anunciado para fevereiro de 2018), Air Canada, Air Europa (em março), British Airways, Latam Airlines, Royal Air Maroc, United Airlines, Air China e Ethiopian.

This post is available in: pt-brPortuguês