O Aeroporto de Belo Horizonte/Carlos Prates (MG) comemorou seu 73º aniversário neste sábado (07/01). As atividades do terminal foram iniciadas em janeiro de 1944, com o objetivo de atender às primeiras gestões do Aeroclube do Estado de Minas Gerais. Três décadas depois a estrutura passa a ser administrada pela Infraero, em 7 de janeiro de 1974, e mantém o perfil original de atender somente a voos da aviação geral, do nascer ao pôr do sol.

Ao se integrar à Rede Infraero, o aeroporto teve as pistas de táxi de aeronaves ampliadas e pavimentadas, além do terminal de passageiros reformado.

Por sua localização estratégica, a 6 km do centro da capital mineira, o aeroporto também tem sua ação voltada para a formação de pilotos, a aviação desportiva e de pequeno porte, a instrução e construção de aeronaves, além de ser a sede de diversas empresas de manutenção e escolas de aviação. É no Aeroporto Carlos Prates que são formados os pilotos de helicóptero da Polícia Militar de Minas Gerais – e de vários outros estados –, da Polícia Federal e do Bombeiro Militar do estado, além de empresas privadas e civis.

O Aeroporto de Carlos Prates conta com um elevado número de operações realizadas por alunos de escolas de aviação. Em média, são registrados 1449 movimentos de pouso e decolagens de voos de instrução por mês.

 

Via – Infraero

COMPARTILHAR