O Aeroporto de Congonhas, localizado em São Paulo, fechou parcialmente no início da noite deste domingo por causa de um drone. As companhias foram impedidas de realizar pousos entre 20h15 a 22h40, os 35 voos que estavam programados para chegar no local foram desviados para os Aeroportos de Guarulhos, Viracopos, Galeão, Confins e Ribeirão Preto.

A presença do drone foi informada para a torre de controle por dois pilotos da LATAM que se aproximavam para pouso em Congonhas. Controladores da torre informaram que o objeto voou próximo da cabeceira 17 por pelo menos 30 minutos.

Depois de ser acionada pela Infraero, a Polícia Federal foi encarregada de achar o drone, mesmo com ajuda de um helicóptero águia os policiais não conseguiram encontrar o responsável pelo objeto voador. Se o operador do drone fosse localizado ele poderia correr o risco de ser preso, por trazer risco direto à vida de outras pessoas, isso de acordo com uma nova regulamentação da ANAC emitida em maio deste ano.

O horário de funcionamento foi ampliado em 1h, e o fechamento foi realizado às 00h, ao invés de 23h, para amenizar o impacto do problema em relação aos passageiros.

COMPARTILHAR