Foto - Infraero/Divulgação
Foto – Infraero/Divulgação

As quatro novas pontes de embarque entraram em operação no terminal alagoano há cerca de uma semana. Os equipamentos são acoplados às aeronaves para realizar embarques e desembarques dos passageiros. Nos próximos 30 dias, seguirá a fase de operação assistida, que consiste no acompanhamento da performance dos equipamentos nas manobras de acoplagem e desacoplagem pela equipe operacional da Infraero.

As obras para instalação e adequação à parte fixa dos equipamentos tiveram início no primeiro semestre de 2016. Nesse período, foram realizadas as fases de fundação e disposição das novas pontes, bem como a sinalização horizontal com a nova pintura do pátio de estacionamento das aeronaves. A estatal investiu R$ 6,6 milhões nessas melhorias, para ampliar o nível de conforto e segurança dos passageiros.

Acostumado a utilizar o aeroporto, pelo menos uma vez ao mês, para viagem a trabalho para o Rio de Janeiro, Herrinson Antonio de Oliveira, 44 anos, que mora em Maceió, destacou a facilidade e a comodidade na utilização do finger para embarcar ou desembarcar. “Fiquei contente em poder embarcar por meio da ponte de embarque pelo conforto e segurança, além de não ter transtorno devido à mudança das condições climáticas ou por causa da distância a ser percorrida durante o trajeto. Com certeza, o embarque ou desembarque utilizando ponte de embarque agrada a qualquer passageiro.”

Para o superintendente do aeroporto, Adilson Pereira Silva, os novos equipamentos marcam uma nova etapa na qualidade de atendimento no Zumbi dos Palmares. “É, sem dúvida, um empreendimento que amplia significativamente a melhoria no atendimento, tornando mais ágil o ir e vir dos passageiros”, avalia.

A primeira ponte entrou em funcionamento no dia 29 de setembro. O voo da Latam 3636, procedente de Guarulhos (SP), fez a estreia da nova estrutura, com o acoplamento da aeronave para o desembarque dos passageiros.

As novas pontes instaladas em Maceió foram trazidas do Aeroporto Internacional de Florianópolis (SC). O transporte foi realizado por via terrestre, em carretas.

A substituição das pontes de embarque do terminal alagoano já estava prevista no planejamento de 2016 da Infraero. No primeiro trimestre deste ano, foram realizadas duas licitações, publicadas no Diário Oficial da União (DOU), para contratação de empresa responsável pela execução dos serviços de desmontagem, catalogação, embalagem e transporte das pontes de embarque bem como para a instalação dos novos equipamentos.

 

Via – Infraero

COMPARTILHAR