No primeiro quadrimestre de 2017, o Aeroporto Internacional de Manaus/Eduardo Gomes (AM) conseguiu reduzir em 14,6% o consumo de energia elétrica. Esse número representa reduções do consumo de 336 MWh e R$ 240 mil nas faturas, e é resultado de uma série de ações propostas no Plano para Redução do Consumo de Energia Elétrica, em vigor desde março de 2016.

Dentre as ações contempladas no plano, estão a substituição das lâmpadas fluorescentes por equivalentes LED nas áreas de check-in nacional e internacional; os desligamentos programados da iluminação e dos aparelhos condicionadores de ar do terminal de passageiros 2 e da central de ar condicionado do terminal de logística de carga; a automação de quadros elétricos dos estacionamentos; além dos desligamentos programados da Central de Água Gelada (CAG), que entrou em vigor em caráter de testes.



Foto – Infraero

Todas as ações são planejadas entre as áreas operacionais para definição dos critérios técnicos dos desligamentos de modo a não impactar o conforto dos passageiros e usuários.

Segundo o superintendente do aeroporto, Abibe Ferreira, o Plano para Redução do Consumo de Energia Elétrica tem se mostrado eficaz, e a economia apresentada no mês de abril demonstra isso claramente. “Vamos continuar estudando ações que contribuam para a redução no consumo e, consequentemente, na despesa do nosso terminal”, comentou.

 

Via – Infraero