Inaugurado pela Infraero em homenagem ao 13º aniversário do estado do Tocantins (TO), em 2001, o Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues, localizado em Palmas, completa nesta quinta-feira (5/10) 16 anos de operações. Para comemorar a data, passageiros que desembarcarem na capital tocantinense durante toda a quinta-feira poderão degustar os famosos peixes da região. A ação é uma parceria da Infraero com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Localizado a 23 km do centro da cidade, o aeroporto recebe, em média, 2.180 usuários por dia. Passageiros encontram um terminal moderno, com 16 balcões de check-in, lojas de conveniências e de vendas e reserva de passagens, espaço cultural, agência dos Correios, cinco caixas eletrônicos, serviço de táxi 24h e ônibus coletivo durante os horários de transporte da cidade. Além disso, o terminal conta com 257 vagas no estacionamento de veículos e praça de alimentação com restaurante, lanchonete, cafeteria e casa de chocolates.

Atualmente, quatro empresas aéreas operam no terminal: Latam, Azul, Gol e Passaredo – ligando Palmas a Araguaína (TO), Brasília (DF), Campinas (SP), Goiânia (GO), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

O superintendente do Aeroporto de Palmas, Juliano de Castro Duarte, explica que o terminal é uma importante ferramenta para o desenvolvimento do Tocantins, e recebe cada vez mais passageiros de diferentes perfis. “Temos muitos passageiros que vêm em busca das oportunidades de trabalho oferecidas na região, nos setores de serviço e comércio, e, é claro, muitos visitantes que chegam para conhecer as belezas naturais da região”, afirma.

Com capacidade para receber até 2,1 milhões de passageiros por ano, em 2016, foram registrados mais de 617 mil usuários, entre embarques e desembarques. Até agosto, foram 8.325 voos, que transportaram 429.116 passageiros, um aumento de mais de 10 mil pessoas em relação ao mesmo período do ano passado. Para Duarte, os números são um indicador positivo de buscas por voos na região. “Com a recuperação da economia brasileira, esperamos terminar o ano com números ainda maiores que em 2016”, pontua.

O terminal de Palmas também conta com ferramentas avançadas de acessibilidade: para o embarque e desembarque de passageiros nas aeronaves, o aeroporto conta com o sistema ELO, uma solução de acessibilidade, especialmente para aqueles com deficiência e ou com mobilidade reduzida. A estrutura é integrada por conectores que interligam, ao nível do solo, as salas de embarque e desembarque às aeronaves, possibilitando que as pessoas transitem por esse trajeto com segurança, pois ao final de cada passarela estão presentes uma escada e um elevador. O Aeroporto de Palmas foi o primeiro terminal no Brasil a contar com esse sistema.

O nome do aeroporto – Brigadeiro Lysias Rodrigues – é uma homenagem ao desbravador da região, pioneiro na aviação, responsável pela fundação do primeiro aeroporto do estado, o Porto Nacional.

COMPARTILHAR