Foto - Cnc3

Hoje o Aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, já está começando a retornar suas operações normalmente, apesar que alguns voos ainda registram atrasos. 

Ontem o Aeroporto JFK registrou uma enchente no terminal 4, que já estava sofrendo graves problemas por conta da forte nevasca. O problema é que muitas companhias de grande porte operam no TPS 4, causando o problema generalizado para o aeroporto (Clique Aqui para ver as companhias que operam no TPS 4).



O jornal Business Inside ainda destacou que o Aeroporto JFK opera com um sistema onde os terminais não são interligados em relação aos serviços, isso piorou ainda mais a situação do aeroporto, visto que a grande quantidade de aviões no pátio, devido ao aeroporto fechado, causou problemas no reinício dos voos.

Por causa dessa condição as companhias não conseguiam alocar seus voos em outros terminais do aeroporto.

Outros problemas também afetaram o Aeroporto JFK, um avião colidiu com outro no pátio do aeroporto, outro não conseguiu sair do hangar devido à camada de neve e esteiras de bagagem congelaram impossibilitando a retirada delas do avião.

Pelo menos desde a noite de sábado outros aeroportos em Nova York, como La Guardia e Newark, já estavam operando, apesar das limitações impostas por causa da condição climática. 

De acordo com uma apuração feita pela equipe da Aeroflap, usando os sites FlightRadar 24 e FlightAware, JFK já está operando voos na noite dessa segunda-feira, companhias que operam no Brasil, como a LATAM Brasil, mantêm os voos previstos partindo para Nova York.

A previsão para os próximos dias é favorável, com o aumento das temperaturas e consequente diminuição do volume de neve das ruas. 

Os passageiros com voos marcados para partindo ou chegando de Nova York devem entrar em contato com a companhia aérea escolhida, para obter maiores informações e evitar contratempos.