Não categorizado

Aeroportos de cidades que sediam jogos registram pontualidade de 95%

Durante as Olimpíadas, turistas, delegações e atletas têm se deslocado pelo espaço aéreo brasileiro para acompanhar esse grande evento esportivo.

O índice de pontualidade nos aeroportos do Galeão e Santos Dumont (RJ), Congonhas, Guarulhos e Viracopos (SP), Confins (MG), Salvador (BA), Manaus (AM) e Brasília (DF), durante o período de 3 a 14 de agosto, atingiu a marca de 95%. O índice de atrasos foi de 5%, ficando abaixo da média nacional, que é de 10%.

Os dados são do Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), unidade do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) responsável por gerenciar o fluxo de movimentos aéreos do País.

As operações aéreas são monitoradas 24 horas por dia pelo CGNA. “A coordenação visa manter o equilíbrio entre a demanda de voos e as capacidades dos aeroportos, mantendo o sistema aeroportuário capaz de absorver o crescimento dos movimentos aéreos durante os Jogos Olímpicos”, esclarece o chefe da Divisão de Operações do CGNA, Tenente-Coronel Aviador James Souza Short.

Na Sala Master de Comando e Controle, ativada desde o dia 20 de julho, militares da Força Aérea Brasileira, profissionais de órgãos governamentais e entidades do setor aéreo coordenam as demandas de tráfego aéreo durante o evento.

Segundo o chefe da Sala Master, Brigadeiro do Ar Luiz Ricardo de Souza, foi feito um planejamento visando garantir a segurança e a fluidez das operações aéreas durante as Olimpíadas e Paralimpíadas. “Essa integração dos órgãos envolvidos facilita as tomadas de decisões, minimizando os impactos de possíveis atrasos”, afirma o oficial-general.

Os boletins com a movimentação diária dos principais aeroportos onde acontecem as competições podem ser acessados através do site Espaço Aéreo Olímpico.

 

Via – Força Aérea Brasileira

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This