A Air China é a primeira a receber um Boeing 787-9 em seu país, e consequentemente a primeira aeronave do tipo em sua frota. A companhia recebeu seu primeiro Dreamliner essa semana, e espera incorporar em breve o 787 em sua frota, ao total essa é a primeira de mais 15 787-9 encomendados, o valor total do pedido realizado pode chegar em até US$ 4 bilhões.

“O 787-9 Dreamliner emprega um grande número de tecnologias de ponta, bem representada pelo seu sistema de processamento eletrônico, além de uma ampla aplicação de materiais compostos na fuselagem”, disse o capitão Wang Yingnian, piloto-chefe da Air China. “Ele entrega diversas vantagens, tais como o baixo consumo de combustível e baixo ruído.”

No mês passado, a China Eastern Airlines anunciou a compra de 15 aeronaves Boeing 787-9 Dreamliner, em uma encomenda com valor total de US$ 4 bilhões. Com esse pedido fixo junto a Boeing, a China já tem quase 100 787 encomendados por diversas companhias aéreas. As quatro maiores companhias aéreas chinesas (Air China, China Southern Airlines, China Eastern Airlines e Hainan Airlines) são clientes do 787, além da Xiamen Airlines,  que também faz parte do clube de clientes do 787.

“Acreditamos que o 787-9 será a espinha dorsal de rotas de longa distância internacionais da Air China e irá desempenhar um papel importante para apoiar a estratégia da companhia aérea no seu desenvolvimento internacional.”, Acrescentou o capitão Wang.

Confira a galeria com fotos do novo 787-9 da Air China:

COMPARTILHAR