Foto - FRAAirport
Foto – FRAAirport

O Airbus A320neo da Lufthansa operou pela primeira vez fora de sua base padrão, que consistia de voos entre Hamburg, na Alemanha, e Frankfurt, onde fica localizado um grande centro de manutenção da Lufthansa Technik.

Esse também foi o primeiro voo internacional do A320neo a ser realizado gerando receita para uma companhia aérea, e consistiu de uma rota que ligou Frankfurt, na Alemanha, até Heathrow, em Londres. A aeronave responsável por realizar esse voo foi o segundo A320neo da frota, de matrícula D-AINB.

A Lufthansa declarou que esse voo foi realizado para a familiarização da companhia aérea e do aeroporto com rotas de longa alcance do A320neo. A Lufthansa também planeja realizar diversos voos para outras cidades europeias ainda esse ano, para testar a capacidade da aeronave em situações variadas e em locais que não contem com o apoio da Lufthansa Technik.

A companhia aérea alemã afirmou que ainda sofre com o problema de start dos motores Pratt & Whitney PW1100G que equipa o Airbus A320neo, e que esse pequeno problema exige procedimentos específicos na hora de ligar um motor, justificando assim toda a cautela da Lufthansa sobre adaptação das equipes que trabalham com a aeronave.

Até o momento a Lufthansa recebeu 2 unidades do A320neo, sendo a primeira entrega realizada em janeiro de 2016, de maneira tímida e sem nenhum evento especial, a segunda foi realizada no mês de março. Ainda esse ano a Lufthansa irá receber 5 unidades do A320neo, sendo que 2 já foram entregues, como descrito acima, e a 3ª entrará na frota durante o verão europeu. Ao todo a companhia aérea tem encomenda para 52 aeronaves desse tipo.

COMPARTILHAR