O primeiro Airbus A350-1000XWB, a maior versão de todas as aeronaves da família A350XWB, surgiu pela primeira vez a partir da Estação de 40, na linha de montagem final da Airbus em Toulouse, na França.

A aeronave ainda não apresenta pintura e motores, porém já tem a identificação do modelo em sua fuselagem. A Airbus estima que em breve ocorrerá a pintura e logo após os motores Rolls-Royce Trent XWB serão instalados, mas primeiramente a aeronave passará por diversos testes na “Estação 30”. Depois disso, a aeronave terá instalado os acessórios de cabine e será finalmente entregue ao Centro de Testes em Voo.

CgFMi1lWEAA0_B0

Esta aeronave, a primeira aeronave de teste terá seu voo inaugural no último semestre de 2016, de acordo com a estimativa da Airbus, com entregas previstas para ocorrer já em meados de 2017. Até o momento, a Airbus já garantiu encomendas de 181 aeronaves, a partir de 10 clientes. O cliente de lançamento está programado para ser a Qatar Airways, que também foi o cliente lançador da versão -900.

Outros grandes clientes do A350-1000 são a United Airlines, Cathay Pacific, Etihad, British Airways e TAM, que conta com encomenda para 12 aeronaves que serão recebidas a partir de 2018. Outras companhias como a Azul e Avianca também encomendaram algumas unidades do A350-900XWB, aeronave de mesma família porém com capacidade menor e maior alcance.

Como informado acima, atualmente o A350-1000XWB é a opção com maior capacidade em uma aeronave bimotora da Airbus, em configuração padrão da fabricante o -1000 suporta 366 passageiros em três classes, bem semelhante ao atual Boeing 777-300ER. Seu alcance é de 14800km de acordo com a Airbus, e é propulsionado por dois motores Rolls-Royce Trent XWB-97, que também é projetado para ter um incremento de potência quando comparado com outras aeronaves da família A350XWB.

COMPARTILHAR