A350-1000_FAL_Start___5_

A Airbus começou a montagem final do primeiro A350-1000XWB como o previsto em projeto, na linha de montagem final do A350 em Toulouse, França. Este A350-1000, uma das três aeronaves de teste em vôo a ser construídas, vai permitir que o -1000 voe pela primeira vez até o final do ano, com entregas prevista para começar no terceiro trimestre de 2017.

Para garantir a integração harmoniosa do A350-1000 com outras aeronaves, enquanto A350-900 está em produção normal para os clientes, a Airbus acrescentou três estações de montagem final a mais, para permitir a mesma produtividade sem comprometer o projeto. Para uma flexibilidade máxima e adequação de demanda, todas as estações de montagem final do A350 XWB  pode receber qualquer uma das três aeronaves.

A350-1000_FAL_Start___2_

O local, que é chamado de “espaço 50”,serve para unir a  fuselagem instalar o trem de pouso, o primeiro A350-1000 voltará para outro local (estação 40) onde as asas, trem de pouso principal, estabilizador e cauda será montado. Para economizar tempo e otimizar o processo de montagem do A350, a Airbus começa a montagem da cabine e cabos em paralelo com o trabalho de montagem estrutural. Após esta etapa for concluída, a aeronave continua com atividades finais na parte de estrutura, testes em solo, pintura, conclusão da cabine e cockpit e instalação de motores, antes de ser transferido para o centro de teste em vôo.

A350-1000_FAL_Start__6_

Apesar de ter um alto grau de comunalidade com o A350-900, o A350-1000, medindo cerca de 74 metros do nariz à cauda, ​​é a mais longa versão do A350XWB. O A350-1000 será alimentado por motores Rolls Royce Trent XWB-97, o motor mais potente já desenvolvido para uma aeronave Airbus. Essa aeronave irá acomodar confortavelmente 366 passageiros em uma configuração típica de 3 classes e voa por até 15 mil km aproximadamente. Até agora, a Airbus contabilizou 181 encomendas para o A350-1000 com 10 clientes interessados.

COMPARTILHAR