Como parte de sua contribuição para preservar o patrimônio da aviação, a Airbus transferirá quatro de seus aviões de teste para museus na França. O Museu do Ar e do Espaço, em Paris-Le Bourget, será o responsável por receber uma aeronave, enquanto o Aeroscopia, em Toulouse, receberá mais três.

A Airbus irá doar o primeiro protótipo do A320ceo, chamado de MSN1, recentemente retirado da frota de aeronaves de testes. Uma versão do A340-600, com número de fabricação MSN360, também foi doado para o museu. Além disso dois protótipos do A38o (MSN2 e MSN4) serão encaminhados para os Museus de aviação.

De acordo com a Airbus essas medidas ajudam na preservação do patrimônio histórico da aviação e no reconhecimento da história ao público geral.

O primeiro avião a ser transferido será o A380 MSN 4, essa aeronave chegará no Museu do Ar e do Espaço em Le Bourget, no dia 14 de fevereiro. As outras três aeronaves (A320, A340-600 e o A380 MSN 2) serão encaminhadas para o Museu Aeroscopia em Toulouse nos próximos dois anos, uma área nova será preparada no local para receber essas aeronaves.

Em Le Bourget a visita ao interior do A380 só abrirá em 2018, após uma remodelação interna que proporcionará um melhor conforto para os visitantes. Todas as aeronaves recebem uma proteção especial para pintura no Museu, essa proteção evita a corrosão da fuselagem e aumenta a durabilidade do avião.

Curiosamente no Aeroscopia também podemos encontrar dois Concorde (foto acima) e várias outras aeronaves, como o Super Guppy utilizado pela Airbus, um Caravelle e outras aeronaves comerciais e militares que fizeram história no mundo.

A incorporação dos três aviões da Airbus na exposição do Museu Aeroscopia acrescentará ainda mais na história da aviação que o local é capaz de expor atualmente.

COMPARTILHAR