A Airbus revelou seus planos para produzir um novo interior do Airbus A380 que irá comportar 11 passageiros por fileira. A nova configuração conseguiria espremer mais 70 passageiros na capacidade da classe econômica de um A380, uma aeronave desse tipo com duas classes pode transportar 615 passageiros, sendo 58 na Business Class, e na 557 na econômica. A disposição 3-5-3 permite assentos de 18 polegadas de largura.

A proposta da Airbus subiria a capacidade para 627 passageiros na econômica, e no total o A380 transportaria 685 passageiros. O plano proposto estima um aumento de US$ 23 milhões em receita por aeronave, para as companhias aéreas.

34D171D900000578-3619647-image-a-22_1464785467612
Nova disposição 3-5-3 da Airbus para 11 assentos por fileira.

Em outro ponto, remover um deck superior da aeronave, localizado no segundo andar poderia aumentar a capacidade da classe executiva em mais 10 assentos, elevando a capacidade total para 695 passageiros. Isso equivale ao acréscimo de 2 fileiras e meia sem perder o conforto para o passageiro.

A Airbus também estudou novos métodos de re-configuração interna para aumentar a capacidade do Airbus A380. A companhia aérea cliente poderia adicionar 18 assentos de classe premium economy somente movendo a localização do andar superior para o inferior. Tal movimento permite adicionar dois assentos para cada fileira, passando de 63 passageiros para 81.

New-Airbus-A380-cabin-squeezes-11-seats-into-each-row-in-economy
Classe executiva de um Airbus A380.

Removendo uma parede lateral do deck superior abriria espaço para mais 10 assentos com capacidade total de inclinar ​​na classe executiva. Um novo conjunto de escadas na parte de trás do superjumbo iria liberar espaço para 14 assentos na econômica, e mais três assentos na premium economy. Também é possível acrescentar mais cinco assentos na classe econômica somente reduzindo a área de descanso da tripulação, para os casos de voos com menor duração.

New-Airbus-A380-cabin-squeezes-11-seats-into-each-row-in-economy-1

Esta última tentativa é um esforço da Airbus para atrair novos negócios para o seu programa A380, que está sofrendo dificuldades para conseguir novas encomendas. O plano da Airbus é aumentar a rentabilidade da aeronave para as companhias aéreas, além tornar a operação regular de voos com o A380 atrativa para o financeiro de uma empresa.

Mais de 180 Airbus A380 estão atualmente em operação por 13 companhias aéreas, e a maioria tem cerca de 500 assentos, embora o interior varia de acordo com característica de cada empresa. Recentemente a Emirates recebeu o primeiro superjumbo com duas classes, que tem capacidade para 615 passageiros.

COMPARTILHAR