Em parceria com a Universidade Nacional de Cingapura, a Airbus concluiu com sucesso a primeira demonstração de voo do seu novo drone cargueiro, o Skyways.

O primeiro voo foi um deslocamento do centro de manutenção da empresa no Aeroporto de Singapore e após isso pousou no telhado de um galpão de manipulação de pacotes, onde recebeu uma encomenda e transportou de volta ao centro de manutenção, fazendo jus a sua concepção cargueira.

A Airbus está realizando esse projeto em parceria com a Universidade Nacional de Cingapura e também os órgãos de transporte civil aéreo de Cingapura e a Singapore Post, que está auxiliando na logística.

Tendo a divisão Airbus Helicopters como responsável pelo design mestre, a empresa espera expandir as suas capacidades no mercado de entregas de mercadorias ao cliente final, onde o drone é responsável por fazer uma entrega rápida e autônoma, praticamente descartando o uso de humanos no processo.

Outras empresas, como a Amazon, também estão apostando nesse modelo de negócios, principalmente com foco na redução de custos e na entrega rápida de produtos. A Boeing também apresentou um protótipo, mas focando em um mercado de cargas de grande porte.

O Skyways por enquanto é capaz de carregar entre 2 a 4 kg, por até 15 km, mas a Airbus e os estudantes da universidade esperam melhorar o projeto durante o desenvolvimento.

 

This post is available in: pt-brPortuguês