Airbus-A320neo-VMU_tests

As primeiras unidades do Airbus A320neo já foram entregues, não demoraram muito a descoberta de pequenos erros no software da aeronave. A primeira operadora, a Lufthansa, relatou que é comum o A320neo dar um falso alarme no cockpit, em um componente não relatado pela Airbus para a imprensa.

A Airbus disse que em breve irá lançar uma atualização para o software da aeronave, que irá corrigir o erro relatado no A320neo. No entanto, eles disseram que a solução definitiva de outro problema apresentado, o tempo para realizar partida nos PW1100G, não será solucionado conjuntamente com essa atualização de software.

Fabrice Bregier, presidente executivo da Airbus, disse que espera lançar a atualização de componentes e software do motor PW1100G no segundo semestre, atualmente a Pratt & Whitney trabalha para implementar uma solução definitiva para o problema de start do motor, que leva mais tempo do que o habitual por conta de um problema na dilatação do núcleo.

Atualmente o PW1100G leva 350 segundos para realizar o procedimento de start,que será reduzido para 200 segundos em junho e 150 em dezembro. A Qatar Airways e Indigo não irá aceitar suas aeronaves que já estão prontas até a solução definitiva do problema.

COMPARTILHAR