A Airbus terá uma presença importante no 20º FIDAE Airshow, apresentando seus mais recentes produtos, serviços e inovações para os mercados de aeronaves comerciais, defesa, espaço e helicópteros. Desde 1994, a Airbus participa do show bienal, que será realizado de 3 a 8 de abril no Aeroporto Arturo Merino Benitez, em Santiago.

Depois de fazer sua estreia na FIDAE em 2016, o A350-900 está de volta. O modelo ficará em exibição estática e participará de demonstrações aéreas entre 2 e 5 de abril. O A350-900 é a pedra fundamental da família A350 XWB, uma nova família de aviões de fuselagem larga e porte médio de longo curso que molda o futuro das viagens aéreas e, desde o seu lançamento, a Airbus conquistou quase 50% de participação do mercado de encomendas líquidas de aeronaves de fuselagem larga na América Latina.



O destaque da Airbus Defence and Space na FIDAE inclui um A400M da Força Aérea Espanhola. Esta nova geração de aviões militares comprovou suas capacidades nos cenários mais exigentes, desempenhando também um papel fundamental em operações humanitárias em todo o mundo. A altamente versátil aeronave militar C295 de transporte e missão da Força Aérea Mexicana (SEDENA) também estará em exibição estática.

A Airbus é a parceira preferida de todas as três forças armadas do Chile, com 12 aeronaves de transporte militar leve e médio – C212, CN235 e C295 – em operação. No campo espacial, a Airbus exibirá sua oferta de satélites. Os visitantes vão ver uma maquete do AstroBus-S, um satélite compacto de alta performance que foi a base do Peru SAT-1, satélite peruano construído em um prazo de menos de dois anos e lançado com sucesso em setembro de 2016.

Liderando o mercado de helicópteros da região com 39% das entregas nos últimos cinco anos, a Airbus Helicopters exibirá uma ampla gama de produtos já em operação. Dos monomotores leves H125 e H130 ao H155 médio até aos bimotores leves H135 e H145, os visitantes descobrirão que a Airbus tem o produto certo para cada missão de helicóptero.

Fazendo sua estreia na FIDAE, o destaque da Airbus Helicopters no evento será o H145 que será entregue à operadora chilena Ecocopter, tornando-se o primeiro de seu tipo em serviço no país. Com mais de 100 helicópteros em operação, a família Super Puma será representada pelo H215M de nove toneladas, que combina uma robustez comprovada em missão com um cockpit totalmente de vidro, aviônica moderna e custos de operação e manutenção muito competitivos. Operado tanto pelo exército e pela marinha do Chile, o H215M estará presente em sua área de exibição.

Entre as principais atividades da Airbus na FIDAE estão:
• A Airbus realizará uma série de coletivas de imprensa cobrindo os mercados de aviação comercial, de helicópteros, de aeronaves militares e sistemas espaciais.
• A Airbus patrocinará uma série de eventos em paralelo com a FIDAE ou organizados pela FIDAE, como a IATA Wings of Change Conference, o Fórum de Líderes da Aviação, a IV Conferência Espacial e a Conferência LARS 2018.
• A Airbus também dará início à edição de 2018 do InPlaneSight, um concurso global de fotos do A400M lançado para celebrar a entrada em serviço do modelo com as Forças Aéreas em todo o mundo.

A América Latina é um dos primeiros mercados e regiões parceiras de suprimento para a Airbus, com uma carteira de encomendas de US$ 50 bilhões e um legado de negócios de mais de 40 anos. Como um dos principais mercados da Airbus, a América Latina é a base de mais de 1,2 mil funcionários da Airbus, em 21 localidades em seis países (Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e Uruguai).