O Beluga XL, o novo transportador de grandes dimensões da Airbus, está próximo de ganhar suas formas finais. A primeira seção da fuselagem já foi concluída pela Stelia Aerospace e foi entregue para a Airbus em Toulouse, a seção é tão grande que a fabricante europeia precisou usar uma barca que transporta a fuselagens do A380 para carregar a estrutura.

Antes da fuselagem ser colocada na barca, ela foi transportada por uma rodovia até o porto de Rochefort, depois de sair da barca a fuselagem pegou mais 200 km de estrada até a linha de montagem final da Airbus em Toulouse, na França.

Primeira seção de fuselagem do Beluga XL.

Ao todo a primeira seção da fuselagem tem 8 metros de comprimento e 8 metros de altura, pesando por volta de 2,1 toneladas.

Em maio deste ano a seção do cockpit que equipará o Beluga XL, da Airbus, foi entregue recentemente pela Stelia Aerospace, a seção também incorpora a parte do nariz da aeronave e se juntará com a fuselagem. Nesse caso o transporte foi realizado por um Beluga atual. Em setembro a Stelia entregará a porta de carga frontal da aeronave, que tem 140 m² de área.

Foto – Airbus/Reprodução

Em abril a Airbus recebeu por rodovia três painéis de fuselagem da seção traseira do Beluga XL.

Foto – Airbus

O BelugaXL foi lançado em novembro de 2014 para atender aos requisitos de capacidade de transporte e ramp-up da Airbus para depois de 2019. O primeiro de cinco aeronaves Beluga XL voará em meados de 2018, e entrará em serviço em 2019. A aeronave conseguirá lidar com o transporte de componentes do A350.

COMPARTILHAR