A Airbus iniciou uma nova fase de testes do A330-900neo, ele fará rotas comerciais típicas das companhias que vão receber essa aeronave em 2018, incluindo voos para provar a confiabilidade da aeronave em missões ETOPS.

No Brasil o A330neo passará por Recife, São Paulo e Rio de Janeiro nesta semana, como publicado aqui no Portal Aeroflap anteriormente, mas no total a Airbus testará a aeronave em 15 aeroportos de cinco continentes, cumprindo no total 150 horas de voo e completando mais de 1000 horas de teste do A330neo.

Veja mais sobre essas rotas na imagem abaixo:

A aeronave de teste que fará essas rotas é totalmente equipada com o novo interior Airspace, da Airbus, e está nas cores da TAP Air Portugal. Curiosamente é o mesmo avião que será entregue para a companhia aérea neste ano, e inaugurará o A330neo em voos comerciais.

Essa aeronave voou pela primeira vez no dia 15 de maio de 2018, e já realizou testes para verificar os sistemas da cabine e os básicos de controle da aeronave, como o desenvolvimento já estava avançado, devido aos outros dois aviões de testes, a Airbus não precisou realizar mais procedimentos nesta unidade.

Os testes de comprovação de rota fazem parte dos testes finais necessários para a Certificação de Tipo da aeronave, programada para o verão europeu de 2018.

A TAP está otimista com as entregas, de acordo com o presidente da companhia existe uma previsão da TAP receber três aviões A330neo até o final de 2018. A TAP encomendou 14 aeronaves A330-900, de um total de 215 encomendas que a Airbus recebeu até o momento para o A330neo.

Provavelmente a Airbus entregará três aviões ao mesmo tempo para a companhia, assim que receber a certificação de tipo, estimada para ocorrer entre julho a agosto.

No Brasil a Airbus precisa também da certificação da ANAC devido à Azul, que também operará com o A330neo a partir do quarto trimestre desse ano.

 

O Airbus A330neo

Equipado com motores Rolls-Royce Trent 7000, o A330neo será oferecido às companhias aéreas em duas versões. Com acomodação para 257 passageiros (A330-800neo) e 287 passageiros (A330-900neo).

O Trent 7000 da Rolls-Royce é o único motor disponível para o A330neo, com o dobro da relação de bypass do Trent 700 que alimenta o A330ceo, a Rolls-Royce disse que o Trent 7000 reduz o consumo de combustível em até 10%, com todas as alterações a redução deverá ser de 15%, em relação à geração anterior.

O A330neo também é equipado com o novo interior Air Space da Airbus, preparado exclusivamente para essa nova geração do A330neo.

A Airbus já registrou 215 pedidos firmes para o A330neo. No Brasil a Azul encomendou 5 unidades do A330-900neo.

This post is available in: pt-brPortuguês