A cidade de San Diego, na Califórnia (EUA), está pronta para receber a segunda etapa do Red Bull Air Race 2017, depois de ter passado oito anos longe da competição. Nos dias 15 e 16 de abril, os 14 melhores pilotos do mundo voarão sobre a paisagem ensolarada da cidade californiana, alcançando velocidades de até 370 km/h e submetidos a uma força de até 12G. Toda a ação poderá ser assistida no Brasil ao vivo, na Red Bull TV, a partir das 20h no sábado e das 17h no domingo (horários de Brasília).

Se as coisas acontecerem como no ano passado, quem vencer a segunda etapa da temporada pode acabar se tornando o campeão mundial de 2017. Foi assim com o alemão Matthias Dolderer, que começou a dominar o Campeonato no ano passado a partir do segundo evento e, ao final, levou o título do Red Bull Air Race 2016.



Michael Goulian, Kirby Chambliss, Pete McLeod

Em fevereiro deste ano, quem venceu a etapa de abertura, realizada em Abu Dhabi (UAE), foi o tcheco Martin Sonka, seguido pelo espanhol Juan Velarde e, depois, por Dolderer. Em San Diego, o alemão tentará recuperar os pontos perdidos para seguir brigando com força pelo bicampeonato. Além deles, Nicolas Ivanoff, vencedor do último Red Bull Air Race disputado na cidade californiana, em 2009, quer mostrar que não esqueceu o caminho das pedras para chegar ao pódio americano.

“Essa é a típica corrida para não se desgrudar os olhos. É um lugar incrível, bem em frente à cidade”, afirma Steve Jones, ex-piloto do Red Bull Air Race e agora Diretor de prova do evento. “A pista é bem parecida com a de Abu Dhabi em relação aos pontos de manobra. Vai ser uma excelente corrida”, completa.

A segunda etapa do Red Bull Air Race terá transmissão ao vivo pela internet para todo o Brasil, a partir das 20h no sábado (15) e das 17h no domingo (16). Para assistir, basta acessar www.redbull.tv .