Roll Out do Boeing 767 em Everett. Foto - Boeing
Roll Out do Boeing 767 em Everett. Foto – Boeing

Esse é um ano especial para a Boeing, que está completando 100 anos de existência, sim, temos um século de Boeing no mundo da aviação. Desde os primórdios William E. Boeing era um visionário do setor aeronáutico, sua descendência também colaborou para isso, o seu pai era um empresário milionário, a gestão de negócios e inovação estava em seu sangue desde cedo.

William Boeing também inovou em diversos setores logo no início de sua companhia, ele é responsável pela criação do serviço de bordo, com comissárias de bordo. Ele também foi fundador da “United Airlines”, que se originou da Boeing após uma conturbada divisão em 1934.

“O documentário Projeto Aeroespacial é uma iniciativa global da Boeing que relata a evolução da indústria aeroespacial. Somos guardiões de um grande legado, que fornece o fundamento para um futuro melhor”, explica Ana Paula Ferreira, diretora de comunicação da Boeing Brasil.

O episódio sobre a Boeing abordará a evolução de todos os conceitos no tempo de um século, será falado tanto sobre o setor aeronáutico como todo o início da Boeing, no setor aeroespacial, logo no início da corrida espacial entre EUA e URSS. O documentário é feito pela The Documentary Group, e integra as comemorações do centenário da Boeing e celebra os feitos da companhia e de demais empresas e instituições da indústria aeronáutica em diversos vídeos.

Centenas de arquivos da Boeing foram convertidos em vídeos em alta resolução para compor a série de documentários. Além disso a Boeing abriu caminho para os demais esclarecimentos da história, fornecendo informações e contatos, principalmente para obter informações sobre como a aviação evoluía em seu início, perto da data de fundação da Boeing em 1916.

No Brasil, os episódios irão ao ar entre 1° e 29 de abril, sempre às sextas-feiras a partir das 23h10 no Discovery. Reprises serão exibidas aos domingos, a partir das 10h30, e às quintas-feiras, a partir das 16h30. Ele ainda será exibido em 16 idiomas para 23 países, cada um com uma data diferente de exibição, que depende da companhia televisiva que irá retransmitir.

COMPARTILHAR