No dia 30 de setembro de 1968 a Boeing oficialmente apresentava para o mundo o que era na época o maior avião comercial de todos os tempos. Conhecido como “Queen of Skies” ou rainha dos céus, e também Jumbo, uma forma simplificada de demonstrar o seu tamanho. O Boeing 747 revolucionou a aviação comercial trazendo inovações antes nunca vistas, tanto em tecnologia quanto em tamanho.

14500188_1401009329927600_3774938385960973841_o
Foto – Boeing/Reprodução

Os aeroportos e as companhias se adequaram ao novo aparelho da empresa de Seattle que trouxe uma aeronave antes nunca vista e que durante um longo tempo manteve intacto o título de maior avião comercial do mundo até a chegada do seu concorrente direto, o Airbus A380.

Com ajuda da Pan Am, a Boeing formatou um avião que teria facilidade em transporte de passageiros e também de carga caso as suas vendas comerciais não fossem bem-sucedidas, fazendo da Pan Am a empresa que mais influenciou no projeto de alto risco da Boeing.

Boieing 747 Varig
Imagem via – Blog Cultura Aeronáutica

Até hoje já foram produzidas mais de 1500 unidades, distribuídas em 6 versões, são elas: 747-100, 747-SP (um derivado do 100 com fuselagem menor e um tanque maior, produzido a pedido também da Pan Am), 747-200, 747-300, 747-400 e 747-8. No Brasil ele era usado pela Varig que teve na sua frota os modelos 200, 300 e 400, esses voavam para Europa, EUA e o rotas na Ásia.

joe-sutter-1960a_30266
Joe Sutter ou pai o do Boeing 747

Em sua longa história temos o seu pai e projetista ,Joe Sutter, a pessoa que se arriscou e apostou em um projeto que enfrentou muito pouco depois de ter sido lançado a terrível crise do petróleo em 1970 e o pior acidente aéreo de todos os tempos em Tenerife na Espanha, quando dois 747, um do KLM e outro da Pan Am, se chocaram enquanto a aeronave americana taxiava e a holandesa decolava, causado por uma falta de comunicação e condições meteorológicas desfavoráveis.

 

COMPARTILHAR
Igor Danin

Estudante , sou da Aeroflap desde novembro de 2013 e acompanhei o crescimento e sucesso da página desde o início antes de me tornar adm, e agora que faço parte da equipe cresço junto com o site.