O Boeing 777-300 da Emirates que se acidentou na manhã de hoje (03/08), transmitiu dados para funcionários da companhia aérea em solo via rede 3G, inclusive detalhes sobre os sistemas do avião e gravação de voz da cabine.

Isso só foi possível através de um dispositivo de aviônica que envia dados da aeronave via rede 3G assim que o Boeing toca em solo, esses dados auxiliam na identificação de qualquer avaria, o dispositivo só pode ser ativado mediante uma combinação de diversos algarismos.

Raul Segredo, Presidente e Chefe Executivo da Avionica miniQAR, afirmou que o dispositivo recebe informações de voo a partir do mesmo databus que alimenta o gravador de dados da caixa preta. Os dados devem ajudar a agilizar o processo de investigação sobre as possíveis causas.

This post is available in: pt-brPortuguês