A Boeing já começou a oferecer para as companhias aéreas uma versão esticada do seu novo 737 MAX 10, o novo narrow-body da família MAX, de acordo com um relatório da CNN Money na quinta-feira e publicado pela Reuters.

A Boeing disse que está conversando com os clientes sobre a adição do maior avião na sua família 737 MAX, que possui maior eficiência de combustível do que o atual 737 NG. Os primeiros 737 MAX devem entrar em serviço este ano, assim que o processo de certificação for finalizado junto com a FAA e EASA.

A Boeing fez o projeto do 737 MAX 10 para conseguir concorrer diretamente com o A321neo da Airbus, o Boeing 737 MAX 9 só conseguia transportar até 210 passageiros, enquanto o A321neo transporta 240 em classe única, essa nova aeronave da Boeing representa um 737 MAX com fuselagem maior para conseguir concorrer diretamente com o A321neo, que já vence amplamente em número de encomendas.

Fonte – Aviation Week/Boeing

É comum os fabricantes de aviões consultarem as companhias aéreas para alinhar as encomendas antes de decidir, formalmente, empreender a construção de uma nova aeronave. A Boeing recusou-se a confirmar o relatório da CNN Money, que citou três fontes anônimas dizendo que o conselho da Boeing havia aprovado a decisão de vender o avião no ano passado.

“Continuamos trabalhando no caso de negócios e conversando com os clientes sobre um potencial 737 MAX 10”, disse a fabricante de planos com sede em Chicago em comunicado na quinta-feira.

 

Via – Reuters

COMPARTILHAR