A Boeing realizou um ato totalmente histórico essa semana, ela entregou uma aeronave da série 737 com numeração 9000, ou seja até o momento a Boeing já fabricou 9000 aeronaves 737 em toda a sua história e versões. A aeronave foi direcionada para a frota da China United e contém uma breve comemoração perto do nariz com o indicativo 9000th.

O Boeing 737 já está em sua 4ª geração, com a série MAX, em toda sua história a aeronave já recebeu mais de 13 mil encomendas, nas 4 séries que compõe a sua história, sendo a de maior sucesso a Next Generation, também conhecida como NG pela sigla que carrega na nomenclatura de cada versão. O Boeing 737 é produzido atualmente na unidade de Renton, WA, onde a fabricante afirma ser possível produzir até 48 aeronaves por mês, com previsão para produzir até 58 em 2019.

Atualmente tem tantos 737 em atividade no mundo que é possível uma aeronave estar decolando ou pousando a cada 1,7 segundos, com 2400 voando ao mesmo tempo, ou em companhias com frotas enormes de Boeing 737 como a Southwest e a Ryanair.

 

Segue abaixo uma lista com cada marco de produção do Boeing 737 e a respectiva data.

 

Entrega 1000: Dezembro de 1983, Delta, 737-200.

1000delta
Foto – Boeing

 

Entrega 2000: Fevereiro de 1991, Lufthansa, 737-500.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

 

 

Entrega 3000: Fevereiro de 1998, Alaska, 737-400.

3000alaskaair
Foto – Boeing

 

Entrega 4000: Junho de 2001, Air Algerie, 737-800.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

Entrega 5000: Fevereiro de 2006, Southwest, 737-700.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

Entrega 6000: Abril de 2009,  Norwegian Air Shuttle, 737-800.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

Entrega 7000: Dezembro de 2011, FlyDubai, 737-800.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

Entrega 8000: Abril de 2014, United, 737-900ER.

Foto - Boeing
Foto – Boeing

 

Entrega 9000: Abril de 2016, China United, 737-800.

?????????????
Foto – Boeing

 

 

Veja nosso especial sobre o Boeing 737 Original, Classic e NG.

Uma análise – Evolução do Boeing 737 – Original

Uma análise – Evolução do Boeing 737 – Classic

Uma análise – Evolução do Boeing 737 – Next Generation

COMPARTILHAR