Além das 300 encomendas que a Boeing recebeu na manhã de hoje pela China Aviation Suppliers Holding Company (CASC), outra empresa, a CDB Aviation, fechou um contrato para encomendar 42 aviões 737 MAX 8, 10 do modelo 737 MAX 10 e oito do novíssimo 787-9 Dreamliner.

Todo esse novo pedido, de 60 aviões, tem o valor total de US$ 7,4 bilhões, e deriva de uma intenção de compra assinada no Paris Airshow de 2017.

Dessa forma a Boeing também superou a marca de 4000 aeronaves da linha 737 MAX encomendadas, tornando esse modelo o mais bem sucedido da sua história no setor de aviação comercial.

Com sede em Dublin, na Irlanda, a CDB Aviation atua como uma subsidiária irlandesa de capital integral da China Development Bank Financial Leasing. A CDB tem mais de 300 aeronaves em sua “frota de leasing”.

Ao mesmo tempo a Boeing aproveitou para anunciar que já entregou mais de 30 aviões 737 MAX em 2017, e planeja aumentar ainda mais esse número nos próximos meses, com a produção crescendo exponencialmente.

This post is available in: pt-brPortuguês