A fabricante norte-americana Boeing Company divulgou hoje (25/01) o balanço financeiro das atividades da empresa no ano de 2016.

A receita do ano passado chegou aos US$ 94,6 bilhões, porém esse valor representa uma queda de 2% do ano de 2015 que foi de US$ 96,1 bilhões, houve quedas em relação aos ganhos operacionais da Boeing, esse valor já apresenta queda de 22%, ou US$ 5,8 bilhões , enquanto isso em 2015 a fabricante registrou um ganho operacional de US$ 7,4 bilhões do ano de 2015.

Partindo ao lucro líquido da empresa, a Boeing em 2016 chegou aos US$ 4,8 bilhões, havendo uma queda de 5% em relação ao ano anterior que foi de US$ 5,1 bilhões. 

Fabrica da Boeing em Everett. Foto – Boeing

Apesar disso a Boeing registrou um bom resultado em 2016, ao conseguir entregar 926 aeronaves nos setores comercial e de defesa, além de ultrapassar a Airbus em número de entregas para a aviação comercial. A empresa também manteve a expectativa de receber novas encomendas em 2017, e registrou um número bem condizente com suas operações em 2016.

A empresa realizou alguns cortes de custos em 2016, a força de trabalho em toda empresa, por exemplo, foi reduzida em 6,6%, assim como divulgado pela Aeroflap. Atualmente os pedidos firmes da Boeing suportam manter a produção por quase 10 anos sem nenhuma encomenda adicional, somente mantendo a taxa de entrega atual.

Os lucros da Boeing devem se manter em alta durante 2017, a receita estimada é de US$ 92,5 bilhões, e a quantidade de aeronaves fabricadas deve variar entre 760 e 765 unidades para o setor de aviação comercial.

 

Veja mais sobre a Boeing em 2016:

Boeing entrega quase 750 aeronaves em 2016

 

 

COMPARTILHAR