O Global 7000 da fabricante canadense Bombardier. O voo em questão aconteceu ontem, dia 29 de março, a aeronave chegou a voar no Mach 0.995 , esse voo ocorreu cinco meses após o programa de testes e se trata de um voo que testa os limites da aeronave.

Desde o primeiro voo do modelo em novembro de 2016, já foram acumulados cerca de 200 horas de voo no Global 7000, a expectativa é que a aeronave entre em serviço no próximo ano.

Projeto para terem uma autonomia de 7400nm (13705 km) o modelo canadense concorre com os modelos norte-americanos Gulfstream G650 e G650ER, além de ser maior do que qualquer modelo da Gulfstream. São com essas vantagens que a Bombardier aposta no modelo para concorrer com outras empresas, bem como oferecer um maior conforto para o cliente que venha comprar a aeronave.

Os diferenciais da aeronave são a capacidade para até 17 passageiros e sua grande autonomia. No interior o Global 7000 conta com uma suíte de luxo e um chuveiro disponível.

O Global 7000 é uma evolução notória na linha de jatos executivos da Bombardier, com maior capacidade de passageiros (17), velocidade de cruzeiro superior (Mach 0.925) e maior alcance (13705 km), essa aeronave vem para completar a linha da Bombardier que atualmente não tem um concorrente nessa faixa de capacidade.

This post is available in: pt-brPortuguês