A Bravo Industries anunciou que irá comprar 10 unidades do LM-100J Super-Hércules da Lockheed Martin, em uma versão comercial da aeronave cargueira. O anúncio foi feito durante a Farnborough 2016.

A Bravo é um grupo de logística e de defesa, com operações e foco no Brasil. O LM irá operar na divisão de logística da Bravo, que consiste na Bravo Cargas e Bravo MRO (manutenção, reparo e revisão geral). As aeronaves da Lockheed serão um braço para sua operação cargueira no Brasil, que consiste também em atingir localidades de difícil acesso.

“Quando examinamos o mercado e demandas regionais do Brasil para as nossas operações de logística, apenas uma aeronave poderá fazer todos os trabalhos que precisávamos: O LM-100J “, disse JR Pereira, presidente e CEO da Bravo Industries.

“O LM-100J é adequado para chegar em regiões carentes do Brasil, onde fazemos negócios. Estas são áreas que carecem de apoio em terra e de infra-estrutura para receber outros tipos de cargueiros. O LM-100J foi projetado para atender as diferentes necessidades do cenário brasileiro, por sua vez, permitindo Bravo fornecer bens e serviços vitais, onde eles são mais necessários”, complementou JR Pereira.

O LM-100J é a versão civil do C-130J Super-Hércules. O primeiro LM-100J está atualmente em produção e vai passar por uma atualização do certificado de tipo da FAA antes da primeira entrega ser realizada em 2018. O LM recebeu diversas atualizações para funcionar como um cargueiro civil, a Lockheed destaca a confiabilidade do projeto devido aos 50 anos de vida do Hércules, aliado com a modernidade das atualizações que a aeronave recebeu.

COMPARTILHAR