Bruce Dickinson já é conhecido pelo seu trabalho no meio da aviação, pilotando o próprio avião da banda e também através da sua empresa Cardiff Aviation que realiza treinamento de tripulantes e manutenção de aeronaves.

Mas Dickinson quer participar de outros empreendimentos, na área de Turismo Espacial. O novo negócio é focado em voos de baixo custo, na faixa de US$ 40 mil, principalmente para concorrer com empresas como a do Richard Branson, que fará o mesmo porém na faixa de 250 mil dólares.

De acordo com Bruce, o foco é oferecer algo acessível para a maioria das pessoas.

A meta será conseguida com uma espaçonave que vai no limite entre a Terra e o Espaço (~100 km) sem o uso de foguetes. Essa tecnologia é dispensada para economizar custos, principalmente no reparo do motor depois de um voo. No final a espaçonave será uma espécie de planador.

Dois astronautas e um executivo foram contratados para prosseguir com esse projeto, que contará com ajuda de empresas terceirizadas.

This post is available in: pt-brPortuguês