A CFM International bateu um recorde de produção nos primeiros 9 meses desse ano, isso porque a companhia entregou 1333 motores Leap-1 e CFM56, só para comparar, no mesmo período do ano passado a CFM entregou só 1326 desses motores. Outro destaque é o aumento da produção de motores da linha Leap-1, com previsão para 450 motores fabricados em 2017.

No 3º trimestre a CFM entregou 110 motores da linha Leap, que equipam os aviões de nova geração da Airbus (A320neo Family), Boeing (737 MAX) e COMAC (C919). Esse é um número expressivo, visto que a CFM entregou 257 motores desse modelo do início do ano até o final de setembro de 2017.



Isso demonstra também uma capacidade ampliada de produção e a transição rápida para a nova geração, visto que a CFM fabricou apenas 22 desses motores no 3º trimestre de 2016.

Já o motor CFM56, uma clássico da aviação comercial, teve 1076 unidades entregues em 2017, contabilizando o período até o final de setembro. Houve um declínio em comparação com 2016, devido a transição de geração para o Leap-1, que compensou essa queda.

A CFM também pode comemorar um grande número de encomendas que recebeu em 2017, no total ela recebeu 2119 pedidos para o motor Leap-1 e 424 para o CFM56, somente neste ano. Um valor bem mais alto em comparação com o número de entregas, deixando a carteira de pedidos positiva em 2017.

No total a CFM tem 14777 pedidos para os motores Leap-1 e CFM56, um acumulado que a empresa pode levar 7 anos para esgotar as encomendas, caso nenhuma for realizada nos próximos anos.