A China apresentou, através do seu Ministério da Defesa que a sua aeronave Y-20 já entrou em serviço na Força Aérea Chinesa. O Y-20 é um avião cargueiro de uso militar, de fabricação própria, e passou por um período de 3 anos em rotina de testes, antes de ser aprovado para compor a frota militar da China.

“A entrada em serviço do Y-20 marca uma etapa crucial para a Força Aérea Chinesa na melhoria da sua capacidade de projeção e poder estratégico”, disse um porta-voz da Força Aérea da China, Shen Jinke. O porta-voz também disse, que a aeronave será usada para cumprir as obrigações de segurança, bem como em missões humanitárias.

Com uma configuração de quatro motores Soloviev D-30, curiosamente o mesmo utilizado no  IL-76, o Y-20 pode decolar com um peso máximo de 200 toneladas e pode voar até 7800 km quando carregado pela metade. Estima-se que em torno 300 aeronaves serão produzidas, cerca de dez estarão operando nos próximos dois anos na Força Aérea da China.

O Y-20 fez seu primeiro vôo em janeiro de 2013, e estreou na 10ª China International Aviation and Aerospace Exhibition, em novembro de 2014. O Y-20 é esperado para substituir os aviões Y-8 e Ilyushin IL-76, todos com foco em transporte de carga.

 

Veja abaixo uma comparação do Y-20 com os principais players do mercado de carga militar:

Via - China Daily
Via – China Daily

COMPARTILHAR