Um F-5M da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou um Learjet 60 de matrícula argentina na última quarta-feira (21/06). A aeronave argentina fazia um voo entre Cabo Frio (RJ) para San Fernando, Buenos Aires.

A interceptação por parte da Força Aérea Brasileira incomodou a tripulação argentina que e os passageiros do Learjet. Segundo os argentinos foi irregular pois fere o anexo 2 da ICAO (Organização de Aviação Civil Internacional) que praticar interceptações com aeronaves civis, devido à falta de aviso do CINDACTA II sobre a interceptação antes dela ocorrer.

A infração cometida pelo avião argentino foi mudar de altitude sem comunicar o CINDACTA II, em Curitiba, o avião também fez uma alteração de rota sem informar o controle de tráfego aéreo. 

Ainda de acordo com os pilotos argentinos o voo seguia normalmente quando um caça da FAB apareceu, houve uma pequena na comunicação entre as aeronaves e o controle aéreo de Curitiba, mas de acordo com os argentinos, foram ignoradas as explicações fornecidas.

 

Vídeo da interceptação por aviacionenargentina, veja abaixo:

Nota: 

As explicações dos pilotos foram dadas e divulgadas por sites argentinos condenando a atitude brasileira como ‘irregular e grave”. Mas até o momento não se tem um posicionamento por parte da FAB para explicar o contexto segundo o piloto do F-5 e o controle aéreo de Curitiba, que podem relatar o fato de outra maneira.

This post is available in: pt-brPortuguês