Uma ilha com só uma pequena população, que tem um aeroporto reconhecido pelos seus ventos cruzados, windshear e difícil pouso, um combinado de rochas com diferentes altitudes. Foi exatamente nessas condições que a Embraer colocou uma aeronave sua em testes na ilha de Santa Helena.

Atualmente o aeroporto dessa ilha tem uma pista de 1650 metros, capaz de por exemplo, receber um Boeing 737NG ou um A320 em condições ideais (mas que até hoje só recebeu um Boeing 737), a Embraer decidiu entrar agora em processo para certificar a operação da sua aeronave E-Jet nas condições severas de vento do aeroporto.

Para isso recomendamos o vídeo abaixo diretamente da Embraer:

 

COMPARTILHAR