Elephant Walk é o modo como nós (aviadores) descrevemos vários caças numa pista de decolagem, tantos que perdemos de vista. Há alguns anos aconteceu isso na base de Kunsan, na Coréia Sul, durante o exercício que envolvia vários caças F-16 Fighting Falcon da USAF pertencentes aos Esquadrões de Combate 35 e 80 da 8ª Fighter Wing, o 4º Fighter Squadron 388th Expeditionary Fighter Wing at Hill Air Force da Base Aérea de Utah, e também o 38º Fighter Group da ROK Air Force.

A quantidade de F-16 é muito grande e isso demostra a potência bélica dos EUA fora do território americano. O vídeo no final da matéria mostra a quantidade de Fight Falcons taxiando na pista, eles estão totalmente armados, com bombas mísseis e tanques para combustível extra.



Porém não é a primeira vez que a USAF demostra seu poder aéreo, dois anos antes quase 70 caças F-15 participaram do mesmo exercício.

No ano passado mais uma vez foi realizado o exercício na base de Kunsan, tal exercício fortalece ainda mais a presença dos EUA na região asiática, talvez como forma de intimidar a Coréia do Norte a partir de uma ajudinha americana.

No vídeo abaixo é demostrado o poder aéreo norte-americano, cerca de 60 caças F-16 da USAF e KF-16 da Coréia do Sul participaram do execício. No vídeo abaixo uma boa parte dos F-16 aparecem no vídeo, porém não foi divulgado o número exato de caças. Mas uma coisa é certa, a esquadrilha abaixo é de respeito.

 

Vídeo por AiirSource Military: