Foto - COMAC
Foto – COMAC

A COMAC, fabricante chinesa de aeronaves, abriu a base que irá usar para testar as partes mais desafiadoras do programa de voo C919, sua mais nova aeronave de corredor único.

A base está localizada em Dongying em Shandong, China, cerca de 750 km ao norte da fábrica da COMAC no Aeroporto Internacional de Pudong. A COMAC disse que as principais tarefas da base será progredir e concluir testes de alto risco em voo para o programa do C919, além do treinamento de pilotos para voo de teste e engenheiros. Presumivelmente, alguns tipos de testes foram retirados de Pudong, por causa do alto risco envolvido, a extensa área urbana e o grande tráfego aéreo poderia atrapalhar nas atividades da COMAC.

A COMAC apresentou sua aeronave no início de novembro de 2015, com direito a transmissão ao vivo por rede de televisão. Desde então, o número previsto de 5 unidades do Comac C919 na frota de testes aumentou para seis, porém especialistas na área acreditam que o período de projeto pode ser ainda mais longo do que o divulgado, com certificação possível para o ano de 2019 ou 2020, de acordo com a fabricante o previsto é para 2018 se não ocorrer nenhum problema.

Seu número total de encomendas é de 507 fixas vindo de 21 clientes, em sua maioria operadores na China, por conta dos incentivos do governo e bancos estatais.

 

Leia também:

Roll Out da aeronave chinesa Comac C919

COMPARTILHAR
Pedro Viana

Acadêmico de Engenharia Aerospacial – Editor de foto e vídeo – Fotógrafo – Aeroflap