A Bombardier Commercial Aircraft anunciou hoje (07/10) que a EASA (Agência Europeia para a Segurança da Aviação) concedeu a validação de Tipo para aeronaves CS300 da Bombardier. A validação é um requisito para a operação comercial da aeronave na Europa e um precursor para a primeira entrega do CS300 da airBaltic, na Letônia.

A primeira entrega do CS300 para a airBaltic está prevista para ocorrer no quarto trimestre de 2016. A Certificação de Tipo pela Transport Canada foi concedida em Julho de 2016, a da União Europeia foi concedida depois de uma série de testes da Bombardier em aeroportos da Europa.

Foto - Bombardier
Interior do CS300. Foto – Bombardier

“Nos certificamos duas aeronaves dentro de um período de nove meses, isso é uma grande conquista na indústria de aviação, e hoje comemoramos o marco mais recente do programa CSeries com a certificação do CS300 pela EASA. Temos muito o que agradecer às centenas de funcionários e fornecedores da Bombardier que trabalharam tão profissionalmente para projetar e construir o programa CSeries”, disse Fred Cromer, presidente da Bombardier Commercial Aircraft.

“Estamos a esperar que a entrega e a entrada em serviço da aeronave CS300 com a airBaltic será tão bem sucedida quanto a da aeronave CS100 da SWISS”, disse François Caza, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto e engenheiro-chefe e chefe de Aprovação da Bombardier.

cp-bombardier-c-series-planes

O menor avião da família CSeries, o CS100, foi certificado em dezembro de 2015 de dezembro e recebeu a validação da EASA e FAA em Junho de 2016, o primeiro voo comercial da aeronave foi no mês seguinte, em Julho de 2016 pela SWISS. O CS300 tem capacidade para até 150 passageiros em configuração de alta densidade, quase igual a do E195-E2 da Embraer, que irá ter capacidade para até 144 passageiros.

A airBaltic e a SWISS se juntaram no programa Smart Parts da Bombardier para a aeronave CSeries. O programa Smart Parts maximiza a utilização da aeronave e minimiza os custos de manutenção.

COMPARTILHAR