Os aeroportos de Congonhas e Santos Dumont já estão no planejamento do governo federal para serem privatizados. De acordo com a publicação do Mercado e Eventos o governo estaria pensando em concessionar a administração desses aeroportos para a iniciativa privada ainda em 2017, junto com o pacote com outros 14 aeroportos já anunciados no final do ano passado.

No dia 11 o Ministro do Planejamento relatou que era uma opção concessionar Congonhas e Santos Dumont, provavelmente para melhorar os serviços prestados ao passageiro e reduzir o gasto do governo. Dyogo Oliveira disse que irá discutir o assunto com o Presidente Michel Temer.

O Governo Federal já lançou o edital para conceder cinco aeroportos para a iniciativa privada, o leilão será realizado em março deste ano, época que o governo voltará a discutir internamente esse assunto para anunciar a data de concessão dos outros 9 aeroportos, e talvez Congonhas e Santos Dumont. A imprensa espera o próximo anúncio do governo para março.

Atualmente Congonhas é o segundo maior aeroporto da cidade de São Paulo, movimentando em média 15 milhões de passageiros por ano somente em voos domésticos. Santos Dumont movimenta perto de 9 milhões de passageiros e é o segundo maior aeroporto do Rio de Janeiro, ambos formam a famosa ponte aérea, rota prestigiada desde a década de 60.

 

 

COMPARTILHAR