Não categorizado

Coreia do Norte realiza novo lançamento do míssil balístico ICBM

A Coreia do Norte realizou novamente um lançamento do míssil intercontinental ICBM, o alerta foi emitido pelos Estados Unidos, que detectou um lançamento realizado de Mupyong-Ni, e que percorreu aproximadamente 1000 km rumo ao Mar do Japão, local onde caiu.

Mais tarde a Coreia do Sul também confirmou o lançamento, estimando que ele foi realizado por volta das 11h45 (horário de Brasília), já em período noturno na Coreia do Norte. O míssil lançado caiu perto de uma zona econômica do Japão, de acordo com informações da Força Aérea Americana, o local é conhecido pelos recursos naturais, e está sob gestão ambiental do Governo Japonês.

Mais tarde a própria Coreia do Norte confirmou o lançamento, afirmando que o míssil voou por 47 minutos e 12 segundos, atingindo a altitude de 3724 quilômetros.

A cada lançamento realizado a Coreia do Norte está avançando com o alcance do ICBM, o míssil ainda não é capaz de atravessar o pacífico e atingir os Estados Unidos, porém apresenta uma ameaça aos países vizinhos, o míssil lançado hoje voou por um período maior de tempo, em comparação com o lançamento realizado no dia 4 de julho, que só percorreu 933 km, voando por 39 minutos atingindo a altitude máxima de 2802 km.

Porém esses são valores divulgados pela Coreia do Norte, logo após o lançamento realizado no dia 4 de julho, a Rússia disse que o radar Voronezh na região de Irkutsk verificou algo diferente dos relatos norte-coreanos, o próprio Ministério da Defesa da Rússia informou que o míssil Hwasong-14 voou por apenas 14 minutos e percorreu uma distância de 500 quilômetros, valores esses bem abaixo dos divulgados pela Coreia do Norte.

A Rússia também declarou que o lançamento de hoje não bate com os dados declarados pela Coreia do Norte, de acordo com a Rússia o míssil só voou 732 quilômetros e atingiu no máximo 681 quilômetros de altitude.

Em nota os Estados Unidos disseram: “O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD) determinou que o lançamento de mísseis da Coréia do Norte não representou uma ameaça para a América do Norte. Nosso compromisso com a defesa de nossos aliados, incluindo a República da Coréia e o Japão, diante dessas ameaças, permanece firme. Nós permanecemos preparados para nos defendermos e nossos aliados de qualquer ataque ou provocação.”

About the author

Redação Aeroflap

Redação Aeroflap

Newsletter

[newsletter_signup_form id=1]

Facebook

Em busca de hotel?


Share This