Após o acidente fatal com um A-29 Super Tucano da Embraer/Sierra Nevada nos EUA, foi decido pausar o programa de escolha do novo caça leve que está sendo realizados nos EUA. O acidente aconteceu no último dia 22 de junho.

Até então o programa OA-X, que tem como foco a escolha de um novo caça leve para determinadas funções, contavam com dois finalistas, o A-29 Super Tucano que é uma aeronave idealizada e fabricada pela Embraer mas também fabricada nos EUA pela Sierra Nevada, além da aeronave norte-americana Beechcraft AT-6 Wolverine.

O programa OA-X iria contar com uma demonstração ao público das duas aeronaves na Base de Hollomann, no Novo México, mas esse evento foi adiado sem data marcada para acontecer.

A USAF em nota lamentou a morte do piloto de testes da Marinha, e disse que o acidente não prejudicaria as chances do A-29 Super Tucano na concorrência do programa militar.

 

Nota oficial da Embraer sobre o acidente do dia 22 de junho

“A Embraer e a Sierra Nevada Corporation (SNC) foram informadas de um acidente ocorrido perto da Base Aérea de Holloman, EUA, envolvendo uma aeronave A-29. A Embraer e a SNC estão cooperando com a USAF (Força Aérea dos Estados Unidos) na investigação. Informações adicionais serão divulgadas assim que estiverem disponíveis”.

This post is available in: pt-brPortuguês