Em uma cena que parece quase a de um filme, um economista italiano conseguiu suspender uma decolagem graças a uma série de equações diferenciais a qual ele estava resolvendo antes do voo. O economista Guido Menzio foi retirado do avião e levado para ser interrogado sobre o teor das contas que ele estava fazendo, ele mostrou um papel onde continha equações diferenciais e os agentes do aeroporto logo liberaram o passageiro.

O voo de Filadélfia para Syracuse na quinta-feira (05/05) decolou com atraso de 2 horas depois de todo o contra tempo gerado. Menzio teria destino final para Ontário, no Canadá, onde daria uma palestra para alunos de uma universidade. Sobre o perfil do economista, ele é professor da Universidade da Pensilvânia e é comum para ele dar palestras em outros locais.

Todo o problema aconteceu por causa de uma passageira que não entendeu o que Menzio estava escrevendo no papel e chamou um tripulante. “É um tanto ou quanto engraçado, porém um pouco preocupante”, disse Menzio. “A mulher olhou para mim, me viu escrevendo uma fórmula misteriosa e concluiu que eu tinha más intenções. Por causa disso, um voo inteiro atrasou.”

Após todo o atraso, a mulher foi transferida para um voo que decolaria mais tarde.

COMPARTILHAR