Há quem diga sobre JFK ser o centro das atenções de Nova York, quando falamos de aeroporto, mas a Delta mantém suas expectativas em alta sobre La Guardia, a companhia americana anunciou a construção de um novo terminal que deverá custar até US$ 4 bilhões.

Com 37 pontes de embarque fixas, com os famosos fingers para melhorar o conforto do passageiro, o novo terminal de Delta é 30% em comparação com o terminal atual. A Delta classifica esse projeto como um dos maiores em termos de reconstrução de um aeroporto nos Estados Unidos.

Foto – Delta

“Com esta ação, estamos dando o próximo passo importante em nosso trabalho para construir LaGuardia, vamos fazer um motor econômico e um aeroporto digno de Nova York”, disse a companhia em comunicado oficial.

No geral a Delta vai substituir todos os terminais C e D do local, pelo projeto da foto acima, o diferencial será a conectividade do terminal com as outras áreas do aeroporto, além da capacidade de receber qualquer aeronave que a Delta opera em sua frota e consiga pousar no aeroporto, incluindo as aeronaves regionais, como o CRJ.

Foto – Delta

O novo terminal usa um conceito misto, com quatro píers, como aqui no Brasil conhecemos pelo Aeroporto de Brasília e Guarulhos, e dois terminais em formato de T, a parte central localizada entre os píers abrigará check-in, lojas, área de desembarque e embarque. A Delta aproveitará o novo terminal para abrir um lounge Delta Sky Club, que terá o terraço como um diferencial, para os passageiros visualizarem as aeronaves que estão no pátio do Aeroporto.

No total a Delta investirá 3,4 bilhões de dólares no projeto, enquanto a Autoridade Portuária de Nova York, um órgão do governo, colocará 600 milhões de dólares. Os custos extras da obra serão bancados pela Delta, em acordo assinado previamente em junho. A construção do novo terminal em La Guardia será concluída até 2021 pela Delta.

La Guardia atualmente movimenta mais de 31 milhões de passageiros por ano, o local conta com duas pistas de 2100 metros, mas elas não são paralelas. O Aeroporto é o terceiro mais movimentado de Nova York, e o 20º considerando todo os EUA. Seu destaque é ficar a poucas milhas do centro de Manhattan, se tornando uma boa opção para uma viagem a trabalho.

Recentemente a Delta mudou para um terminal próprio em Los Angeles, totalmente reformado e modernizado a um custo de 1,9 bilhão de dólares.

This post is available in: pt-brPortuguês