Com perspectiva de receber o primeiro Bombardier CS100 em 2018 desde o ano passado, a Delta Airlines agora já começa a planejar a introdução da aeronave em sua frota atual.

No geral a companhia já sabe que vai distribuir os CS100 em seus hubs de Los Angeles, Nova York, Texas e Seattle, como forma de ligar a malha de maior porte às cidades de menor demanda, mais regionais. Atualmente a companhia americana realiza voos regionais para 58 cidades a partir de Nova York.



Pelo menos em um ponto a companhia está tranquila, a Bombardier iniciará neste ano a montagem das aeronaves no Canadá, visto que agora esses aviões não estão passíveis de imposto. Apesar disso a Delta só vai operar os aviões a partir de 2019, visto que a Bombardier vai entregar a primeira unidade somente no último trimestre do ano.

Todos os aviões serão configurados com 110 assentos, inicialmente em classe única.

Serão 40 aeronaves desse modelo entregues em 2018, e a Delta não sabe quantos aviões a Bombardier conseguirá entregar neste ano, o contrato inicial previa 15 aviões nesse ano, da encomenda para 75 deles, porém a fabricante está sofrendo com atrasos na produção desde 2016, e não tem um planejamento firme.

A Delta ainda receberá em 2018 mais 31 aviões Airbus A321, cinco do modelo A350-900 e 23 aviões Boeing 737-900ER.

 

Via – FlightGlobal