A demanda global por viagens aéreas domésticas e internacionais cresceu 4,6% em janeiro, em relação ao mesmo mês do ano passado.

De acordo com a Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês), foi o ritmo de expansão mensal mais lento em quatro anos e ficou abaixo do resultado de dezembro, que teve aumento de 6,4% na comparação anual.



A oferta de assentos nos aviões teve alta de 4,6% em janeiro, diante de igual mês do ano passado. Com isso, o aproveitamento das aeronaves recuou 0,5 ponto percentual, para 79,6%.

“Apesar do início mais lento, o atual impulso econômico está apoiando a crescente demanda de passageiros em 2018. Dito isso, as preocupações com uma possível guerra comercial envolvendo os Estados Unidos poderiam ter um efeito de amortecimento sério sobre a confiança do mercado global, espalhando-se na demanda por viagens aéreas”, afirmou o diretor-geral e CEO da IATA, Alexandre de Juniac.

 

Mercado brasileiro

As viagens aéreas no mercado doméstico brasileiro, segundo a IATA, tiveram crescimento de 2,9%, na comparação com janeiro de 2017. A oferta teve expansão de 2,4% e a taxa de ocupação dos aviões ficou em 84,7%, alta de 0,4 ponto percentual.

 

Via – ABEAR