A demanda por voos domésticos registrou crescimento de 3,9% em maio, em relação ao mesmo mês de 2017, mas em comparação com a alta de 6,41% de abril mostrou uma desaceleração de 2,51 pontos percentuais.

A oferta de assentos nos aviões teve aumento de 5,22% diante de maio do ano passado. Ao todo, foram transportados 7,3 milhões de passageiros em maio, expansão de 4,11% na comparação anual.

Já o aproveitamento das aeronaves teve o pior resultado desde agosto de 2013, ao se situar em 76,94%. Contribuiu para isso a greve de caminhoneiros, que afetou todo o Brasil no fim de maio, impactando a distribuição de combustível de aviação em diversos aeroportos e levando ao cancelamento de alguns voos, o que afetou a demanda como um todo e dificultou o comparecimento de passageiros para embarque.

De janeiro a maio, a demanda por viagens aéreas nacionais acumula crescimento de 4,10%, diante de maio de 2017, com aumento de 3,59% na oferta e alta de 0,4 ponto percentual na taxa de ocupação dos aviões, para 80,32%, nas comparações anuais. O total de passageiros transportados chega a 37,4 milhões, elevação de 3,37%.

 

Mercado internacional

As viagens aéreas internacionais, entre as companhias aéreas brasileiras, registraram crescimento de 13,02% em maio, em relação a igual mês do ano passado.

A oferta, por sua vez, teve aumento de 17,14%. Com isso, o aproveitamento dos aviões recuou 2,96 ponto percentual, para 81,34%.

Foto – Avianca Brasil

Foram transportados 658,4 mil passageiros no período, alta de 7,4%.

No acumulado de janeiro a maio, os voos internacionais mostram expansão de 15,61%, com aumento de 18,5% na oferta e queda de 2,08 pontos percentuais na taxa de ocupação dos aviões, em relação ao mesmo mês de 2017.

Participação de mercado

A GOL liderou novamente o mercado doméstico, com 34,92% de mercado, enquanto a LATAM seguiu no segundo lugar com 32,32%. A Azul é a terceira colocada com 18,58% e a Avianca logo em seguida com 14,18%.

Vale ressaltar que a GOL cresceu 0,74% em maio, na comparação com o mês anterior (abril). 

Já no mercado internacional a LATAM continua com ampla liderança entre as nacionais, com 70,12%, a Azul ampliou sua participação com 15,48%, seguida pela GOL com 7,26%. A Avianca já ameaça a GOL com 7,13% do mercado.

 

Via – ABEAR

This post is available in: pt-brPortuguês