A American Airlines está avaliando novamente se vai manter sua encomenda para o Airbus A350. De acordo com o diretor financeiro da companhia, Derek Kerr, outras opções estão sendo avaliadas pela companhia.

A American Airlines agora está escolhendo entre o A330-900, o qual a companhia não tem nenhuma encomenda, e o Boeing 787-9 que a American Airlines possui até encomendas ativas e opera em várias rotas com a aeronave. 

De qualquer modo o novo avião vai substituir o A330-300 na frota da American Airlines. O A350-900 representa um aumento na quantidade de assentos, enquanto o A330neo e o 787 são uma substituição direta em relação à oferta de assentos.

No total a American Airlines tem pelo menos 22 aeronaves encomendadas do modelo A350-900. Por enquanto as entregas começam em 2020, caso a encomenda não for cancelada ou alterada.

Atualmente a frota da American Airlines é constituída por nove aviões A330-300, 15 A330-200, 23 Boeing 767-300ER, 47 Boeing 777-200, 20 777-300ER, 20 do modelo 787-8 e 14 do 787-9. Os A330-300 estão programados para se aposentar a partir de 2019.

O mesmo processo foi realizado por outra companhia americana, a United, que alterou sua encomenda para 35 aviões A350-1000, e assim optou no final por 45 do modelo A350-900. A alteração tem um significado simples, a United tem 777-300ER novos, mas opera com 777-200 com maior tempo de uso, dessa forma a companhia precisou de um avião para substituir o 777-200.

This post is available in: pt-brPortuguês