A Latam Chile não vai devolver um Boeing 787, pelo menos é isso que afirma a companhia para desmentir os boatos, gerados nos últimos dias por informações falsas circulando nas redes sociais.

O avião de matrícula CC-BBD decolou no último dia 06 de fevereiro de Santiago (Chile), rumo à Victorville, na Califórnia (EUA), onde há um deserto de aeronave e também vários hangares de manutenção.

Boeing 787-8 CC-BBD da LATAM Chile | Foto: Renato Oliveira

Quando indagamos a companhia sobre a informação, a LATAM informou que:

“A LATAM não está devolvendo aeronaves nem reduzindo seus compromissos de frota. Uma das suas aeronaves Boeing 787-8 (registro CC-BBD) foi enviada para o centro de manutenção da Boeing em Victorville, Califórnia (EUA), para manutenção, onde permanecerá até que ela volte à operação”.

Pela idade da aeronave (4 anos) podemos deduzir que trata-se de algum tipo de Check C, o qual a companhia não tem capacidade de realizar na sua base, e conta com parcerias para esse tipo de manutenção.

A foto em circulação junto com a notícia (falsa), relata que “um dos primeiros Boeing 787, […] realizou seu último voo comercial no dia 14 de Janeiro de 2018”.

Trata-se na verdade de uma foto de Dezembro de 2015, de um 787-8 da Boeing com registro N887BA, que foi transportado diretamente da linha de montagem em Everett, para armazenamento em Victorville em setembro de 2015. O Dreamliner era uma ex aeronave da Privatair (HB-JJJ) que não foi operada pela companhia após o contrato com a EC Air de Congo. A partir de agosto de 2016, a aeronave ainda fica em armazenamento na Southern Logistic California Airport aguardando seu futuro incerto.

787-8 Dreamliner em VCV | Foto: Yochai Mossi

Vamos continuar acompanhando esse caso.

This post is available in: pt-brPortuguês